(Novo) Regresso às aulas

Céus, credo!!! Apercebo-me que não vinha aqui desde março último. Sim, o último post será de finais de março. Desde a plena altura em que estaríamos em confinamento, mas mesmo assim, presentemente não sentiremos muita diferença desses dias. Eu sinto isso, e mesmo saindo à rua, tendo terminado o tele-trabalho e já me cruzando com pessoas e com alguma liberdade, nada está como antes. E será que vai voltar a estar? Voltar tudo a ser como era? Voltar a ser como sempre foi? E temos tantas saudades disso, verdade? Bem, talvez hoje não esteja muito positiva com estas minhas Ideias.


Mas o que temos de bom, de bom para vos contar? Que o nosso júnior vai iniciar as aulas na próxima 5.ª feira. Que giro e já para o 6.º ano, mas os receios, as dúvidas, o "como é que irá ser?" serão bem mais do que quando começou o 1.º ano na escola. Eu sinto isso e parece-me que ele também. E todas as mães e pais neste momento estarão a pensar desta forma. Ou serei só eu?


Esta semana estou de férias e em casa com ele. Já preparámos tudo. Os livros forrados, os cadernos etiquetados e selecionados para cada disciplina e feito tudo aquilo porque já passámos no início de cada ano letivo.

Sim, com o irmão F. também foi assim, mas desta vez algo está diferente. Vai ser um início atípico e mesmo sabendo que não será nada a que não se irão conseguir adaptar, as crianças e mesmo os adolescentes estarão receosos. Na minha Ideia, entendo que irá ser estranho no início, mas que logo se irão habituar às novas regras e normas, e tudo em prol da nossa proteção e saúde, mas continuo a dizer que é diferente, tudo bem diferente.


A diretora de turma do D. enviou mail com as novas normas que irão introduzir no dia a dia escolar, desde como trabalhar em sala de aula, nos recintos de recreio ou no refeitório. Ok, já sabemos que terá de ser assim, mas é tudo tão estranho, tão "impessoal". É triste, a mim emociona-me e faz-me dizer tantas vezes mesmo sem ninguém ouvir: "Ao que nós chegámos, que tristeza"!


O D. hoje experimentou esta máscara lavável e reutilizável até 50 vezes. Mais adaptada ao tamanho da carinha dele.



Comprei na Wells, tal como o álcool gel que também irá estar sempre na sua mochila.


Aconselho a quem tem crianças e entende que as máscaras cirúrgicas serão de maiores dimensões. Estas com o tamanho ideal para crianças dos 10 aos 12 anos. Serão estes os novos acessórios obrigatórios a estarem sempre com ele.


A semana ainda no início, mas a segunda quinzena de setembro já aí, e eu que gosto tanto deste mês.

Fiquem bem e vamo-nos encontrando por aqui. E fica a frase de ordem nesta fase que atravessamos "Tudo vai ficar bem!". Beijos. Maria Cristina






#Diaadia #Blog #SaúdeBemestar

... é um blog onde podemos trocar as "ditas" Ideias que passam pela cabeça das mulheres e que os homens até gostam de as conhecer. Falamos de dicas de moda, de decoração e culinária, de cultura, saúde e bem estar, curiosidades e tantas outras coisas que nos preenchem o pensamento no nosso dia a dia, sim, porque durante as 24 horas o nosso cérebro não pára, nunca!

Posts em Destaque