© 2019 por MARIA CRISTINA D'OLIVEIRA SALGADO | Portugal

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Sempre motivos para voltar

Thursday, August 8, 2019

 

Tenho andado desaparecida sim. Pelo menos aqui, não vos tenho dito nada. A marcar presença no Algarve, mas não de férias.

Ao contrário do que a maioria pensa, se vivo no Algarve deverei estar de férias. Nada disso…têm sido aos poucos, sim as férias…mas mesmo assim não deixaram de saber tão bem.

 

Hoje quero deixar uma Ideia que não será minha. Atenção: menciono o nome da autora, uma escritora da cidade de Faro e que escreveu um texto que simplesmente adorei.

Li, reli e identifico-me tanto nele. Mesmo! Partilhei na minha página do Facebook e eis que tantos e tantas se dizem também identificar nele. 

 

“Gosto de pessoas sem merdas, daquelas que se estão a lixar que as olhem de lado quando se riem alto na rua; daquelas que apreciam todas as comidas e que, quando o arroz vem com passas (quem é que pode gostar de passas, por Deus?), se limitam a pô-las para o lado continuando a comer.

Gosto de pessoas que não fazem cenas, nem armam dramas mesmo quando as situações o pedem, mas sabem usar o dedo do meio e palavrões cabeludos nas ocasiões certas.

Gosto de malta que diz o que pensa e faz o que diz e raramente se arrepende por não ter nada de que se arrepender.

Gosto de gente ousada, picante, marota, que se transforma em ovelha quando todos são lobos só pelo prazer da diferença e insubmissão.

Gosto de humanos paradoxais, ilegíveis e imprevisíveis, daqueles a quem os pequenos receios passam ao largo e que derrotam os grandes medos com um humor divertido.

Gosto de quem se aceita e se quer melhorar; de quem se respeita para poder respeitar; de quem se explora, se assume, se mostra, se expande, gosto destes, mesmo muito.

Gosto dos que sabem pedir desculpa, dar o braço a torcer e não deixam que mesquinhos orgulhos lhes roubem afetos.

Gosto de quem não vive sem música nem livros, nem todas as formas de arte sem querer parecer erudito.

Gosto de gente agradecida, humilde, vivida, viajada e culta ao ponto de saber que nada sabe.

Gosto de quem sabe estar na mais rasca tasca, com o mesmo à vontade com que se desloca na nata e gasta mais “bons dias” com os humildes, que com os grandes.

Gosto de quem segura a porta, de quem se levanta, de quem se está “nas tintas” para como vai ser interpretado aquele sorriso rasgado e interminável abraço.

Gosto de pessoas sem merdas” daquelas que vivem de facto cada momento sem esperar demasiado; daquelas que sabem ser apenas mais uma entre milhões, mas ainda assim se distinguem por, de tão fiéis a si mesmas, se tornarem únicas…

Ana Amorim Dias, escritora"

 

Pessoalmente não a conheço, mas é bem provável que nos encontremos por aí, e nessa altura não quero deixar de a parabenizar por estas Ideias tão certas.

 

A terminar o dia com estes pensamentos, para mim uma realidade. Fiquem bem, beijos e sorrisos.

Maria Cristina

 

 

 

 

 

Please reload

Posts em Destaque

Ideias de lobbys

November 1, 2019

1/7
Please reload

Posts Recentes

Friday, November 1, 2019

Tuesday, October 29, 2019

Sunday, October 27, 2019

Sunday, September 29, 2019

Tuesday, September 24, 2019

Please reload

Categorias
Please reload

Arquivo