Sogras versus Noras

Tuesday, September 29, 2015

 

As sogras ocupam um dos cargos familiares mais indesejados do mundo.

Na maioria das vezes são vistas como as más da família, temas de piadas e uma “prenda” indesejada depois de um casamento.

Parece que a nora lhe roubou o filho, mas uma filha, para a sua mãe não foi roubada pelo genro.

Bem, nem sempre é assim: da minha sogra não tenho nada a apontar. Aliás, nem gosto quando ouço amigas a falarem mal das delas, ou da sogra da amiga, porque na generalidade é isso: elas terão de ser más.

Eu defendo a versão que uma sogra será como tudo, é uma pessoa, ora pode ser boa ou poderá ser má.

Bem, tenho este pensamento defensivo também porque tenho dois filhos rapazes, ora bem… já entenderam onde quero chegar. Muito certamente terei duas noras, lindas, boazinhas, magníficas e (quase) perfeitas (porque a perfeição não existe).

É isso que me espera, mas atenção: TRATEM BEM OS MEUS MENINOS!

 

Sim, vou ser uma sogra boazinha, amiguinha e as minhas noras até podem “ser a filha que eu nunca tive”. Mas se não corresponderem à minha expectativa, atenção: torno-me numa “víbora” e lá terei que fazer parte das sogras odiosas.

Não faz mal, será essencialmente para fins estatísticos. Que me dizem? 

 

Ótima 3.ª feira. Façamos por isso.

 

Beijinhos da Maria Cristina