Buscar
  • Maria Cristina Salgado

Se fosse vivo faria 70 anos


Freddie Mercury teria feito anos na passada 2.ª feira. Teria 70 anos se ainda cantasse para nós.


Para mim Freddie será imortal. Como imortal e inigualável será a sua voz.


Uma voz impressionante, tocante, incrível, magnífica…e muitos mais adjetivos que poderia utilizar para a classificar. Na minha Ideia, a melhor das melhores!


Infelizmente nunca assisti a nenhum concerto dos Queen…

Tirei uma foto junto à sua figura de cera no Madame Tussauds em Londres, o que me emocionou bastante, mesmo…nem vos sei explicar, embora soubesse que era somente a sua figura.

Mas li algo interessante sobre a voz de Freddie Mercury.

Um estudo veio confirmar o que a imprensa e os fãs dos Queen têm afirmado desde a década de 70: Freddie Mercury tinha uma voz incrível!


Uma equipa de cientistas dedicou-se a estudar a voz do vocalista dos Queen e o estudo foi editado na publicação científica Logopedics Phoniatrics Vocology.

A equipa analisou várias gravações do cantor, bem como algumas entrevistas dadas por Mercury.

Depois de várias análises, os cientistas descobriram que Freddie era um barítono (voz masculina intermédia, entre o baixo e o tenor).

Gravações de Mercury mostraram que o cantor tinha uma “surpreendente frequência moduladora fundamental (vibrato) de 7.0 HZ”, dai a capacidade que tinha para mudar facilmente entre um tom mais grave e outro mais agudo.

Os cientistas notaram também uma “vibração subharmónica” na voz de Mercury, que terá criado o seu “rosnar” característico.


Na minha Ideia, nem precisava de ter conhecido este estudo: como vos disse, a sua voz para mim é espetacular e única.


E quem não quer “viver para sempre”?

Deixo-vos esta interpretação (sempre espetacular) de Who Wants To Live Forever.



Beijos e tenham uma 4.ª feira muito boa.


Maria Cristina

9 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

© 2020 por MARIA CRISTINA D'OLIVEIRA SALGADO | Portugal