Buscar
  • Maria Cristina Salgado

Somente 0,5 Kg



Será a quantidade máxima de carne vermelha que devemos ingerir por semana.

Pois...se calhar até excedemos.


A Direção Geral de Saúde e o World Cancer Research aconselham nesse sentido.


O relatório da OMS de 2015 mencionava o perigo da carne processada – o bacon, as salsichas, o fiambre, o presunto, afirmando que o consumo até 50 gr/dia destes aumenta o risco de cancro colonretal em 18% (um dos que mais mata em Portugal), tendo estas carnes sido comparadas na mesma categoria de substâncias cancerígenas como o tabaco e o amianto. Meu Deus!


A carne vermelha, embora se oiça que poderá ser “provavelmente cancerígena”, nunca li nada que o comprovasse.


Dan Buettner, autor de um livro sobre as Blue Zones (zonas no mundo onde há grande número de pessoas com idade avançada), escreveu que estas pessoas comem carne vermelha ocasionalmente em ocasiões especiais. Muito raramente. Coincidências!!!...


É certo que esta carne é uma fonte de proteínas, vitaminas do complexo B e ferro que também serão necessários ao nosso organismo, mas ok NÃO vamos ABUSAR.


Tive a Ideia de vos falar disto pois ontem para o jantar grelhamos umas … e das vermelhas…com os molhos da Calvé que tanto gosto, mas sem abusos e exageros claro. :)


Feliz 6.ª feira mulheres lindas. O fim de semana já está mesmo ai.

Beijos, Maria Cristina


3 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

© 2020 por MARIA CRISTINA D'OLIVEIRA SALGADO | Portugal